Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Newsletter

Nossos Serviços

A Crise e como sair dela

a) Mudar de negócio;  b) Conseguir um investidor;  c) Recuperar judicial ou extrajudicialmente o negócio;  d) Criar novos negócios e novos projetos.
 
a)      Mudar de negócio;
Para uma mudança radical de atividade, necessário uma visão macroeconômica sobre os negócios do momento e do futuro, tanto quanto a lucratividade quanto a longevidade.
Prospectar novos negócios com critérios  de transparência e realização de “due diligence”, objetivando informações e dados sobre a atividade e sua lucratividade real.
 
b)      Conseguir um investidor;
- Há no mercado financeiro, uma incerteza, principalmente considerando a crise econômica pela qual passa o Brasil no momento, inclusive de credibilidade. Contudo, em momentos de crise surgem oportunidades únicas de fazer bons negócios. Este é o momento de expor, fazer diferente, abrir o negócios, torná-lo transparente para que os interessados possam analisar a possibilidade de ingressar no negócio, investir, arrendar por período, formar parceria, etc.  Há vários meios de se conseguir investidores. Para isto é necessário ter conhecimento do negócio, fazer uma diagnóstico, balanços, balancetes. Fundos de investimentos, investidores anjos, parceiros, crowfungind, etc. Compra e venda de empresas. Este  é o momento.
 
c)       Recuperar judicial ou extrajudicialmente o negócio:
 
- Para recuperar judicial ou extrajudicialmente uma empresa, necessário a realização de um diagnóstico para coleta de informações que darão fundamento a uma decisão sobre qual a melhor forma de recuperar o negócio. Ferramentas administrativas, financeiras e jurídicas deverão ser utilizadas neste levantamento objetivando a transparência e credibilidade nos dados que serão fornecidos aos credores e ao Juízo para eventual judicialização da recuperação. Posteriormente será necessário a elaboração de um plano de recuperação que contemple os interesses da empresa e gere receita suficiente para o pagamento dos credores, de acordo com o prazo e condições que forem estabelecidos.
 
d)      Criar Novos Negócios e Novos Projetos:
 
A criação de novos negócios e projetos, é necessária para uma expansão das atividades empresariais, bem como a geração de rendas paralelas que não afetem o capital de giro hoje existentes.
Nós da Freitas & Advogados Associados, além de estarmos capacitados ao atendimento das hipóteses acima, possuímos a experiência necessária ao atendimento de suas necessidades, pois atuamos no mercado de Recuperação de Empresas com equipe multidisciplinar há mais de 24 (vinte e quatro) anos.
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia